Av. Vinte e Cinco de Julho, 1650 - Pelotas - RS 53 3223-0162

Perguntas e respostas

Entre em contato via e-mail

Todas

Todas
Autotransformadores
Iluminações de Emergência
Fontes Chaveadas
Desumidificadores de Papel
Transformadores
Carregadores de Bateria
Filtros de Linha
Fontes Lineares
Acessórios Para Informática
Cabos de Reposição
Sirenes e Sinalizadores
Inversores de Tensão
Grades Para Câmeras
Diversos

Posso dar a partida no arranque do veículo com o Carregador de Bateria conectado e ligado?

De forma geral não, pois somente os modelos de Carregadores de Baterias constituídos com sistema de “Auxiliar de Partida” podem executar esta função.

O Carregador de Bateria pode ficar sempre ligado e carregando a bateria?

De modo geral não, pois somente os modelos de Carregadores de Baterias constituídos de sistema de flutuação de carga podem ser utilizados dessa forma.

É possível utilizar o Carregador de Bateria em paralelo com o som automotivo de potência?

Não é recomendado, pois geralmente o consumo do som automotivo é maior do que a quantidade de carga que o Carregador de Bateria consegue repor na bateria, fazendo com que haja um déficit de carga. Isso acontece até que o sistema do som automotivo passa a consumir diretamente do Carregador de Bateria, levando o mesmo a queima por sobrecarga.

Porque quando instalo o Carregador de Bateria da linha Hobby, o indicador (led) verde de bateria carregada já acende ao conectar a bateria?

Para isso, temos duas situações: 1º a bateria pode estar quase totalmente carregada, não necessitando de carga; 2º a bateria pode estar com problemas internos, fazendo com que a mesma não aceite carga, mas visualmente a mesma possui uma carga “fantasma”.

Porque o Carregador de Bateria da linha Hobby não finaliza a carga, ou seja, não acende o indicador (led) verde de bateria carregada?

Isso pode se dar ao fato da bateria estar com problemas internos ou a rede elétrica, onde está instalado o equipamento, pode estar bastante abaixo da tensão nominal, fazendo com que o Carregador de Bateria não atinja a tensão de final de carga.

Como posso saber quanto tempo leva para carregar uma bateria?

Considerando uma situação ideal, onde a bateria está em perfeitas condições técnicas e a rede elétrica onde está instalado o Carregador de Bateria está com sua tensão nominal, o tempo de carga pode ser calculado dividindo se a capacidade da bateria (Ah) pela corrente máxima fornecida pelo Carregador. Exemplo: Bateria de 60Ah e Carregador de Bateria de 10A = 60Ah/10A = 6 horas, aproximadamente.

Qual o modelo mais indicado de Carregador de Bateria para minha bateria?

Recomenda-se que não se faça uso de modelos de Carregadores de Baterias com mais de 30% da capacidade da bateria. Exemplo: bateria com capacidade de 60Ah e considerando o máximo de 30% = 18A. Então recomenda-se que não utilize um Carregador de Bateria com capacidade superior a 18A.

Posso utilizar um Carregador de Bateria pequeno para carga de uma bateria grande?

Assim como não é recomendado utilizar Carregadores de Baterias com capacidade de carga muito grande para carga de baterias, pelo possível excesso de carga na bateria, também não é recomendado utilizar Carregadores de Baterias muito pequenos em comparação a capacidade da bateria. Exemplo: bateria com capacidade de 200Ah e Carregador de Bateria com capacidade máxima de 4A ou inferior, pois isso fará com que o carregador fique muito tempo sobre carga máxima, danificando seus componentes internos, podendo levar a queima do equipamento.

Quais os cuidados que devo seguir para utilizar um Carregador de Bateria?

Para se utilizar o Carregador de Bateria devem ser seguidos alguns cuidados básicos como: - verificar se a tensão de entrada do equipamento está ajustado conforme sua rede elétrica (127/220V); - conectar as “garras tipo jacaré” nas devidas polaridades, garra vermelha no polo positivo (+), garra preta no polo negativo (-), cuidando para não inverter, pois isso poderá causar a queima do Carregador de Bateria ou danos a parte elétrica do veículo; - para modelos de baterias que possuem tampas de inspeção, verificar se a mesma possui solução eletrolítica (água na bateria) acima das placas; - além disso, para os modelos com tampas de inspeção, deixar removido as mesmas durante o processo de carga; - se possível realizar o processo de carga da bateria em local arejado, pois durante o processo de carga são formados gases tóxicos que podem ser prejudiciais à saúde. Em caso de dúvidas, verifique as recomendações do fabricante da bateria. Sempre utilize equipamentos de proteção individual – EPI, como óculos de segurança, máscara e luvas.

Posso utilizar os Carregadores de Baterias da Unitel para todos tipos de baterias?

Os Carregadores de Baterias da Unitel são recomendados para serem utilizados em todo tipo de baterias automotivas do tipo chumbo-ácidas. Para outros tipos de baterias e aplicações consulte o fabricante da bateria.

Qual a capacidade do sistema de “Auxiliar de Partida” para os modelos de Carregadores de Baterias que possuem tal função?

A recomendação é que se utilize a função de “Auxiliar de Partida” para veículos que possuem bateria instalada com capacidade igual ou inferior ao modelo do Carregador. Exemplo: para um Carregador de Bateria de capacidade de 60A com sistema de “Auxiliar de Partida” pode ser utilizado o sistema para veículos com bateria instalada até 60Ah ou inferior, como 48Ah, 45Ah, 40Ah, e assim por diante. Com base no exemplo anterior, não se recomenda a utilização do sistema de “Auxiliar de Partida” dos Carregadores para veículos com baterias maiores, sob risco de queima do Carregador.

Como devo utilizar a função de “Auxiliar de Partida” dos Carregadores de Baterias?

Primeiro faça a instalação do Carregador de Bateria seguindo todos os cuidados descritos em outra pergunta. Depois, faça a seleção da chave para o modo “Auxiliar de Partida”. Recomenda-se que se deixe o Carregador de Bateria conectado à bateria e ligado neste modo até 5 minutos antes de dar a partida no veículo, isso faz com que haja uma reação melhor da bateria no momento da partida.

Posso utilizar o modo “Auxiliar de Partida” dos Carregadores de Baterias para carga de baterias?

Não, pois esta função deve ser utilizada apenas para emergências, pois o sistema libera uma carga bastante elevada que se for utilizada para a carga de bateria pode danificar a mesma.

Nos Carregadores de Baterias com ajuste manual de carga, como identifico se a bateria está carregada?

Para estes modelos de Carregadores de Baterias a carga da bateria estará próxima do total quando o mostrador digital indicar tensão em torno de 14V e corrente próximo de 0A. Isso se dá pelo fato de quando a bateria estiver com sua carga completa a tensão sobe e a corrente fica próxima de zero Ampères.

Porque o ajuste de carga do Carregador de Bateria não corresponde?

Para os modelos de Carregadores de Baterias constituídos de ajuste manual de carga, quando o ajuste não corresponder pode se dar ao fato da bateria ainda não ter expresso reação para o processo de carga, pois em alguns casos quando a bateria estiver totalmente descarregada a mesma leva um certo tempo para começar a “aceitar” carga, podendo em alguns casos a chegar a mais de uma hora. Baterias danificadas ou com muito tempo sem uso também podem apresentar dificuldades no processo de carga, necessitando ser substituídas, pois o Carregador de Bateria não tem a função de recuperar baterias danificadas.

Na falta de energia, porque a minha Iluminação de Emergência desliga os refletores antes do tempo especificado para o modelo?

Isso geralmente acontece quando a bateria interna do produto já não está mais com sua capacidade total de carga, ou seja, baterias com vários anos de uso ou baterias com defeitos. Pode acontecer também quando haver uma descarga completa da bateria, devida por uma falta de energia, por exemplo e o sistema ainda não realizou a recarga completa da bateria.

Quando conecto a Iluminação de Emergência à tomada ou no retorno da energia elétrica os refletores não apagam (desligam), assim como também não acende o indicador verde (led) de rede, por quê?

Isso se dá talvez pelo fato do produto estar com problemas de reconhecimento de rede. Esse problema pode estar relacionado a queima do fusível de entrada ou até mesmo a queima do transformador que alimenta o circuito interno do produto.

Porque o indicador de bateria carregada (led vermelho) não acende?

Quando acende apenas o indicador de rede (led verde) e não acende o indicador de bateria carregada (led vermelho) pode ser pelo fato da rede elétrica estar muito abaixo do nominal fazendo com que a tensão de fim de carga não seja atingida. Outro ponto se dá ao fato de quando a bateria interna do produto possui muito tempo de uso e a mesma está danificada.

Como fazer para prolongar a vida útil da minha Iluminação de Emergência?

Para se conseguir prolongar a vida útil da bateria interna da Iluminação de Emergência é interessante a cada 3 meses fazer uma descarga da bateria até seu desligamento automático. Para fazer essa descarga basta retirar o plugue da tomada, fazendo com que os refletores acendam. Após, deve-se colocar a recarregar novamente. Esse ciclo de descarga/carga faz com que haja uma reativação do sistema interno da bateria, prolongando a vida útil da mesma.

Quais os cuidados que devo ter para fazer uma instalação de Iluminação de Emergência?

Para se instalar o equipamento de Iluminação de Emergência devem ser seguidos alguns cuidados básicos como: - verificar se a tensão de entrada do equipamento está ajustada conforme sua rede elétrica (127/220V); - manter ao abrigo da chuva/umidade e de calor excessivo; estar dimensionado de acordo com o projeto de PPCI; - utilizar tomadas com sistema de aterramento adequado.

Qual a função do Inversor de Tensão?

A função básica do Inversor de Tensão é transformar a energia contínua de uma bateria (12Vdc) ou conjunto de baterias (24Vdc), por exemplo, em energia alternada (127 ou 220 Volts) 60Hz, semelhante à da rede elétrica.

Quais os cuidados que devo ter ao instalar um Inversor de Tensão?

Para a instalação deste equipamento, primeiramente você deve verificar qual a tensão de entrada do mesmo (12 ou 24 Volts) já que esse produto não possui entrada bivolt. Também é necessário verificar qual a tensão de saída que deseja utilizar para alimentar outro equipamento (127V ou 220V), já que o mesmo possui chave de seleção externa para tal. Verificar se o mesmo está instalado em local com ventilação adequada.

Posso ligar qualquer tipo de equipamento ao Inversor de Tensão?

Não. Os modelos produzidos pela Unitel Transformadores não são compatíveis com equipamentos constituídos de motores elétrico ou semelhantes, como por exemplo furadeiras, geladeiras, eletrodomésticos, entre outros. Demais equipamentos eletrônicos como carregadores de celular, carregadores de notebook, vídeo games, televisores, dvd, impressoras, entre outros devem funcionar sem problemas.

Qual a quantidade de equipamentos que posso ligar no Inversor de Tensão?

Esse fato está relacionando a soma das potências dos equipamentos conectados. A potência do Inversor de Tensão está identificada pelo seu modelo (150, 300 ou 600VA). Recomenda-se que não se utilize mais do que 75% da capacidade total do equipamento para utilização de forma contínua. Outro cuidado que devemos ter é quando ligamos equipamento que possuem fator de potência, pois isso eleva a potência que o Inversor deve fornecer. Na dúvida entre em contato com a Unitel Transformadores ou com algum técnico especializado.

Os Inversores de Tensão da Unitel Transformadores são compatíveis com placas solares para alimentação de residências?

Não, para essa finalidade deve se utilizar inversores apropriados deste segmento.

Quais os cuidados que devo ter ao instalar um Filtro de Linha?

Deve-se observar a potência máxima instalada no conjunto, nunca ultrapassando a capacidade de 1016 Watts para rede elétrica 127 Volts e 1760 Watts para redes de 220 Volts.

O Filtro de Linha protege contra surtos elétricos e suas variações?

Os Filtros de Linhas possuem um sistema de proteção que atua quando a tensão ultrapassar alguns limites acima da rede nominal. O mesmo não possui a função de estabilizar a tensão, tampouco suas variações.

Porque o indicador (led) do Filtro de linha não acende?

Nesse caso verifique se existe energia no local e se a chave (liga/desliga) está ligada. Caso contrário, retire o Filtro de Linha da tomada e verifique se o fusível de proteção não está queimado.

Posso deixar o Desumidificador de Papel sempre ligado?

Sim, não tem problemas de deixar este equipamento sempre ligado.

Posso utilizar o Desumidificador de Papel para todo tipo de papel?

Os Desumidificadores de Papeis foram desenvolvidos para serem utilizados em papeis sulfite e couchê. Não se recomenda a utilização destes produtos para outros materiais, pois pode não apresentar os resultados esperados.

O Desumidificador de Papel é bivolt?

Não, estes produtos possuem tensão definidas de fábrica 127V ou 220V.

Porque o Desumidificador de Papel, às vezes, fica úmido na parte superior interna?

Isso se dá ao fato de quando existe muita umidade no papel, fazendo com que a evaporação se condense ao entrar em contato com a parte superior do equipamento.

Porque o Desumidificador de Papel não está aquecendo ou está aquecendo muito?

Quando isso acontecer, verifique a etiqueta do produto, afim de certificar-se a tensão de entrada é compatível com sua rede elétrica.

Porque o indicador (led) de funcionamento do Desumidificador de Papel não está acendendo?

Verifique se existe energia na tomada que você instalou o equipamento. Caso afirmativo, retire o equipamento da tomada e verifique se o fusível não está queimado.

Qual a diferença entre os Autotransformadores da Linha CP, Ouro e Máster?

Autotransformador Linha CP: Bobinas com enrolamento de alumínio e gabinete plástico ABS; Autotransformador Linha Ouro: Bobinas com enrolamento de alumínio e gabinete metálico com pintura epóxi branca; Autotransformador Linha Máster: Bobinas com enrolamento de cobre e gabinete metálico com pintura epóxi branca.

Quais os cuidados que devo ter para instalar um Autotransformador?

Deve-se observar a maneira de instalação conforme descrita no manual de instruções que acompanha o produto. Caso não tenha o manual do produto, você pode baixá-lo na central de downloads do site.

O que acontece se eu inverter a ligação do Autotransformador?

Pode acontecer de o equipamento não funcionar ou funcionar parcialmente devido a uma sub tensão ou da outra forma queimar o equipamento devido a uma sobre tensão.

O Autotransformador é bivolt?

Sim, basta observar o sistema de ligação correta descrita no manual de instruções que acompanha o produto. A única exceção são os modelos de Autotransformadores de 30VA e 60VA, do tipo de parede, que já saem de fábrica com as tensões definidas.

Qual a quantidade de equipamentos que posso ligar no Autotransformador?

Esse fato está relacionando a soma das potências dos equipamentos conectados. A potência do Autotransformador está identificada pelo seu modelo (30, 60, 100, 200, 350VA e assim por diante). Recomenda-se que não se utilize mais do que 75% da capacidade total do produto para utilização em regime contínuo. Outro cuidado que devemos ter é quando ligamos equipamento que possuem fator de potência ou motores, pois isso eleva a potência que o Autotransformador deve fornecer. Na dúvida entre em contato com a Unitel ou com algum técnico especializado.

Qual a potência em Watts suportada por um Autotransformador?

Esta potência está relacionada ao tipo de equipamento conectado. Para equipamento puramente resistivos como estufas, por exemplo, a potência em Watts é a mesma do que a potência em VA. Já para equipamento constituídos de fator de potência (fp) a potência em VA será maior do que especificado em Watts (W), fazendo com que se leve em conta esse dado (VA) para a escolha do Autotransformador. Em caso de dúvidas consulte um técnico especializado.

Como dimensiono um Autotransformador para equipamentos constituídos de motores elétricos?

De maneira geral é possível dimensionar o Autotransformador considerando cerca de 3 a 4 vezes a potência do motor elétrico, isso se faz necessário devido as correntes de partida do mesmo. Como exemplo, vamos considerar um equipamento constituído com um motor elétrico de 1CV = 735W x 4 = 2940W, seria utilizado um Autotransformador de 3000VA.

Como identifico as tensões no Autotransformador?

Para os modelos de Autotransformadores constituídos de tomadas, as tomadas vermelhas identificam a tensão de 220V e as tomadas pretas a tensão de 127V. A mesma regra vale para os modelos de 3000VA em diante, os cabos vermelhos são a tensão 220V e os pretos a tensão 127V.

Qual a diferença entre Fonte Chaveada, Fonte Linear Estabilizada e Conversor?

Fonte Chaveada: é um sistema de Fonte eletrônica com possibilidade de grande variação de tensão de entrada, mais compactos, maior rendimento e estabilização da tensão de saída, porém mais sensíveis. Conversor: é um sistema de Fonte composto apenas de transformador convencional, retificador e filtro. Fonte Linear Estabilizada: é um sistema de Fonte constituído de Conversor e mais um sistema eletrônico que possui a função de estabilização da tensão de saída. Tanto os modelos de Conversor quanto a Fonte Linear Estabilizada são equipamentos que possuem tensão de entrada pré-ajustadas. São muito mais robustos, porém de tamanho muito maior em vista das mesmas potências das Fontes Chaveadas.

Como dimensiono Fontes para fita Led?

Para utilizar Fontes para fita led primeiramente é necessário observar a potência total utilizada no conjunto. Além disso, é necessário adotar um fator de potência de aproximadamente de 0,4 para o cálculo da fonte. Exemplo: uma fita led que indica um consumo total de 10W e considerando um fator de 0,4, ficará assim: 10W/0,4 = 25W. Então, será necessária uma Fonte que suporte no mínimo 25W de potência. Considerando que a fita led funciona em 12V, teremos 25W/12V = 2,08A. Finalizando, para alimentar uma fita led de 10W será necessária uma Fonte de alimentação de 12Vdc – 2A.

Posso substituir uma Fonte Linear por uma Fonte Chaveada?

Sim. A troca pode ser realizada sem problemas, desde que observadas as especificações de tensão e corrente de saída da Fonte original em questão.

Posso utilizar toda capacidade de corrente fornecida pela Fonte?

Não é recomendado que se utilize a Fonte em sua capacidade máxima, visto que haverá uma redução muito grande na vida útil de seus componentes, podendo levar a queima da Fonte. Para utilização de forma continua recomenda-se a utilização de 75% de sua capacidade total.

Porque a tensão de saída dos Conversores é maior do que indicado nas especificações do produto?

Como o Conversor de tensão é constituído apenas de transformador convencional, retificar e filtro e não possui sistema de regulação da tensão de saída (estabilização), a tensão a ser verificada, sem nada conectado a esta fonte, será cerca de 40% maior do que especificado na identificação do produto. Esta tensão tende a atingir a sua tensão nominal ao conectar uma carga nesta Fonte.



Entre em contato

Whatsapp Unitel Whatsapp Unitel